sexta-feira, 18 de julho de 2014

Eduardo Maycá no Rincão Nativo


Cristiano Quevedo em Flores da Cunha/RS


Érlon Péricles no Boteco Tchê


João Luiz Corrêa no Gaitaço Sertanejo


4º Festival Campo a Fora - Santiago/RS


 
4º FESTIVAL CAMPO A FORA
Dia 13 de setembro de 2014
Santiago – RS

REGULAMENTO
Por Matias Moura
www.bahstidores.com

CAPÍTULO I – OBJETIVOS

Artigo 1º - O 4º Festival Campo a Fora, regulamentado por este instrumento, São seus objetivos:
a) Fomentar e incentivar a criatividade de compositores e intérpretes com letras e músicas ligadas à temática regionalista do Rio Grande do Sul;
b) Propiciar a revelação de novos talentos e facilitar a difusão de suas realizações artísticas;
c) Criar espaço para integração de artistas e pessoas ligadas à cultura musical sul rio-grandense;
d) Promover, através de atrações nativistas, tradicionalistas e culturais, a divulgação do município de Santiago;
e) Desenvolver na população em geral, o apreço pelas manifestações artísticas sul rio-grandenses;

CAPÍTULO II – ADMINISTRAÇÃO DO FESTIVAL

Art. 2º - A comissão é formada pelo piquete Campo a Fora;
Art. 3º- Compete à Comissão Organizadora do Festival Campo a Fora:
a) Contratar pessoal técnico a fim de atender à sua destinação específica para o desenvolvimento do evento;
b) Receber as inscrições para o festival;
c) Fixar o preço do ingresso e outras taxas do evento;

CAPÍTULO III – INSCRIÇÕES

Art. 4º - Serão permitidas inscrições de qualquer compositor, desde que observadas as determinações do presente regulamento.
Art. 5º - O prazo para inscrições ao 4º Festival Campo a Forase encerra no dia 30 de agosto de 2014, observando-se para tanto a data do envio pela internet.  
§ 1°: As inscrições deverão ser encaminhadas para o seguinte endereço:
-fernandolorenzini@hotmail.com
Art. 6º - Não será cobrada nenhuma taxa de inscrição.
Art. 7º - O número de composições a serem inscritas será de até 05 (cinco), músicas. Poderão classificar-se no máximo 02 (duas) composições por autor, individual ou em parceria.
Art. 8º - As composições deverão ter caráter inédito, entendendo-se como tal os trabalhos que não tenham sido gravados, ou participado de difusão por qualquer sistema de áudio ou escuta pública, podendo ter participado de eventos deste gênero, desde que não premiadas.
Art. 9º - Após a inscrição de sua obra, o compositor fica condicionado a não divulgação pública da mesma até a data do evento, sob pena de desclassificação.
Art. 10º - Cada composição inscrita/concorrente deverá ser enviada com uma cópia em mp3, acompanhada de cópia digitada da letra (Word Office), além da Ficha de Inscrição devidamente preenchida.

Parágrafo primeiro: A qualidade da gravação não será avaliada na triagem com tanto rigor, dispensando assim o uso e algum gasto com estúdio, a comissão da triagem dará ênfase na gravação para a melodia e também como possivelmente a musica será apresentada no dia do festival.

* Na gravação também não serão exigidos todos os instrumentos utilizados no dia da apresentação.
Art. 11º - O tempo de execução de composição não poderá exceder a 06 (seis) minutos.
Art. 12º - Serão permitidos, além de instrumentos musicaistípicos do Rio Grande do Sul, todo e qualquer instrumento que o arranjador julgar necessário para melhor qualificação, desempenho e enriquecimento da obra classificada, sendo que o(s) autor (s) se responsabiliza(m) por sua introdução no palco.
Parágrafo único: A Comissão Organizadora não colocará qualquer instrumento musical no palco, exceto sonorização e iluminação profissional com equipe técnica.

CAPÍTULO IV – JULGAMENTO

Art. 13°: A comissão avaliadora será constituída por pessoas de comprovada capacidade técnica e de grande expressão no cenário da música e da cultura gaúcha, podendo haver eventuais substituições desses integrantes, a critério da Comissão Organizadora do festival.
PARÁGRAFO ÚNICO: Encerrada as inscrições, a Comissão Avaliadora, convidada pela Comissão Organizadora do 4º Campo a Fora, classificará 15 composições concorrentes.

CAPÍTULO V –DIA DO FESTIVAL

Art. 14º - O 4º Festival Campo a Fora será realizada no dia 13 de setembro de 2014, sendo que deverão subir ao palco as 15 composições concorrentes classificadas.

CAPÍTULO VI – APRESENTAÇÃO

Art. 15º - A relação das composições classificadas, data e ordem de apresentação no 4º Festival Campo a Fora, serão comunicados de forma individual aos seus autores nos dias 3 e 4 de setembro de 2014, bem como pelos meios de comunicação.
Art. 16º - As músicas concorrentes, somente poderão ser apresentadas por artistas trajando indumentária típica do Rio Grande do Sul.
Parágrafo único: Ficam proibidas as vestimentas e/ou adereços contendo caracteres publicitários e/ou de conotação política.
Art. 17º. Os conjuntos deverão ter no máximo 8artistas intérpretes.
Art. 18º - Cada obra classificada deverá obedecer aos horários previamente estabelecidos para passagem de som e apresentação no palco, sob pena dedesclassificação.

CAPÍTULO VII – DA CLASSIFICAÇÃO E PREMIAÇÃO

Art. 19ºO FESTIVAL CAMPO A FORA não oferece premiação em dinheiro, e sim uma ajuda de custo para cada música classificada no valor de R$300,00, pois visa à confraternização entre amigos, músicos, tradicionalistas e a população santiaguense, além de comemorar com música a semana farroupilha.

§ 1°: As composições vencedoras receberão premiação em troféu.
Art. 20º - Os destaques do 4º Festival Campo a Fora receberão a seguinte premiação:

PRIMEIRO LUGAR.
SEGUNDO LUGAR
TERCEIRO LUGAR
Melhor instrumentista
Melhor Intérprete
Melhor Letra
Melhor Melodia
Música mais popular

Parágrafo Único: A Música Mais Popular será eleita por votação do público através de aplausos, conforme o julgamento dos jurados.

CAPÍTULO VIII – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 21º -Os concorrentes inscritos autorizam automaticamente a gravação de seu trabalho, sendo a mesma ao vivo.
Parágrafo único: As músicas finalistas estarão incluídas no CD do 4º Festival Campo a Fora, gravados ao vivo durante o evento.
Art. 22º - As Comissões Organizadoras e Avaliadoras serão inteiramente responsáveis e soberanas em suas decisões sendo estas irrecorríveis.
Art. 23º -Quaisquer omissões ou dúvidas quanto à interpretação deste regulamento serão examinadas e resolvidas soberanamente pela Comissão Organizadora.

COMISSÃO ORGANIZADORA:
P.T. Campo a Fora
INFORMAÇÕES:

Fernando Lorenzini055-99154110 (fernandolorenzini@hotmail.com) ou facebook (Fernando lorenzini)
Rodrigo Castiel 055-96409970

4º Festival Campo a Fora
FICHA DE INSCRIÇÃO


Ritmo:...................................................................................................................................................... Título da composição:.............................................................................................................................. Autor da Letra:........................................................................................................................................ Endereço:............................................................................................................................................... Cidade:................................................................................................................................................. Estado:......................................................................................................................................... E-mail:................................................................................................................................................. Fone:.......................................................................................................................................... Autor da Melodia:............................................................................................................................... Endereço:........................................................................................................................................... Cidade:.............................................................................................................................................. Estado:...................................................................................................................................... E-mail:.............................................................................................................................................. Fone:........................................................................................................................................
Em caso de classificação em nível de pré-seleção, a composição será interpretada no palco
do 4º Festival Campo a Fora por: ...............................................................................................................



Fonte: Rádio Fronteira Gaúcha

Querência da Poesia Xucra - 20 anos de pura arte



1ª Mateada Canto, Prosa e Poesia no Balneário Pinhal


Confirmamos a chegada dos novos CD e DVD do Porca Véia Oficial

O DVD de despedida (e de 30 Anos de Carreira) do Porca Véia dos palcos do Rio Grande foi gravado inteiramente ao vivo nos pavilhões da Festa da Uva em Caxias do Sul, contando com a presença de milhares de fãs e admiradores de seu trabalho. Gravado ainda em 2013, este DVD está sendo reconhecido por aqueles que já o assistiram como uma Super Produção Musical Gaúcha. Contando com nomes como Luiz Carlos Borges, Arthur Bonilla, Yamandu Costa e ainda Zezinho e Grupo Floreio, o espetáculo teve mais de o4 horas de participação de Porca, que ao final cantou um de seus grandes sucessos "Eu vou me despedir Cantando"! E assim foi!

Ambos estão disponíveis no sítio da Minuano Discos, com preço "loco de especial"!Não perde tempo, acessa já e confere!

www.minuanodiscos.com.br ou clique na figura abaixo!!!

Minuano Discos - A Tua Loja Virtual Tchê!


11° Acampamento Farroupilha em Chapecó/SC


Curso de Luthier


Festa do Colono em Antônio Carlos


Grupo Querência no parque do Sesi


Camiseta "O Bairrista" à venda


Veja os modelos de camiseta pra gauchada, do "O Bairrista".

Confere "aí vivente". Só P$ 49,90 pila.
http://churr.as/1qKCpPB


Livramento vive expectativa de Free Shops brasileiros


Jornal A Platéia - www.aplateia.com.br

Apenas um decreto atrasa instalação de comércios de lojas francas depois de Lei promulgada em 2012

O município será uma das dez cidades do Sul contempladas por lojas francas

Livramento é conhecida como a Fronteira da Paz. Associada à amabilidade e hospitalidade local, está à atração criada pelos Free Shops de Rivera, cidade vizinha do Uruguai. No entanto, embora a gama de turistas que passam pela cidade, o comércio riverense é o mais beneficiado.

A conquista

A luta de comerciantes e autoridades locais, que já ganhou o apoio de políticos estaduais e inclusive senadores, é implantar em território brasileiro o mesmo sistema de lojas francas, Livramento seria uma dessas cidades fronteiriças beneficiadas, além de outras nove dentro do Estado do Rio Grande do Sul.
A Lei de que trata o assunto é a 12.723/2012 e tem o objetivo de resolver uma questão enfrentada pelas chamadas cidades gêmeas, ou seja, aquelas que ficam em fronteira, caso de Livramento e onde muitas vezes, a população, turistas e empresários preferem a cidade do país vizinho para negócios, compras e diversão pela qualidade de produtos, oferta de preços e facilidade no pagamento de dois ou mesmo três tipos de moedas.

Falta pouco

Nesta quinta, a expectativa é que o Ministro Guido Mantega assine o decreto que Iria regulamentar a instalação dessas lojas francas nas cidades de fronteira, anseio que vem desde 2012. Ao todo, 29 cidades aguardam pela regulamentação da Lei para começar a funcionar e atrair o próprio turista brasileiro para o seu comércio. O deputado federal, Marco Maia (PT-RS) foi o autor do projeto que deu origem à Lei 12.723/2012. O teor da Lei acompanha o sistema que já existe em cidades fronteiras, como Rivera: “§ 2º A venda de mercadoria nas lojas francas previstas neste artigo somente será autorizada à pessoa física”.

O que já se sabe

A Receita Federal alerta ainda que os municípios terão que elaborar leis específicas. Já está definido, no entanto, que brasileiros poderão comprar nos freeshops e não apenas os estrangeiros. Haverá o limite de US$ 300 por mês em compras.

Free Shops: Opinião

Entrevista

Em entrevista, o presidente do Sindilojas, Pablo scoastegui, comentou que a expectativa é grande, mas que é preciso esperar a regulamentação para entender como as lojas serão definidas. O presidente da ACIL, Sérgio Oliveira, declarou que a implantação de lojas francas em território brasileiro será muito importante para incrementar o movimento do comércio para as duas cidades. Sérgio disse ainda que diretores e representantes das duas cidades têm se reunido para discutir o assunto e esperam que ainda no mês de julho a regulamentação seja definida pelo Governo.
Bom saber:

Cidades do Rio Grande do Sul que serão beneficiadas: Aceguá, Barra do Quaraí, Chuí, Itaqui, Jaguarão, Porto Xavier, Quaraí, Santana do Livramento, São Borja e Uruguaiana.


Fonte: Rádio Fronteira Gaúcha

Coluna Tradição e Cultura do jornal A Semana


TRADIÇÃO & CULTURA
Alvorada – Capital da Solidariedade


CTG CAMPEIROS DO SUL

A patronagem do pioneiro de Alvorada, o CTG Campeiros do Sul e a Academia de Danças Alma Crioula, capitaneada por Marcelo Otto e Claudia, boleiam a perna e te convidam para participar no dia 19 de julho, do grande jantar-baile de formatura de fandango, que terá a animação do Grupo Sovéo. No cardápio carne de panela, arroz, feijão e saladas. Contatos com os instrutores pelos fones (51) 3442-3260 e/ou 8406-8566. O CTG fica na Av. Maringá, 720.... E o novo curso está programado para iniciar no dia 27 de junho, com seguimentos ao anoitecer dos domingos.

CTG SENTINELAS DO PAGO AGRADECE

No último final de semana tivemos um grande rodeio artístico e cultural em Alvorada, realizado a pleno êxito. E é tão bonito agradecer.... “O CTG Sentinelas quer agradecer a cada um que esteve em nossa casa nesse fim de semana, foi um prazer em recebê-los. Trabalhamos muito para poder atender todos da melhor forma possível. Na secretária do rodeio, agradecemos aos coordenadores e posteiros dos grupos, pois cada um cedeu um pouco para que as apresentações dos grupos saíssem da melhor forma. Sabemos que alguns problemas aparecem no percurso, mas juntos conseguimos resolver. Um grande MUITO OBRIGADO para nosso pessoal que trabalhou muito. Não vamos citar nomes, mas muito obrigado, pois sem vocês nada seria possível.  Chasque publicado no sítio Facebook do CTG.

CHASQUE DO MTG / RS

Estamos nos encaminhando a passos largos rumo à Final do Enart, rumo ao final do ano, rumo a 2015. E o MTG programou no início de 2014 o seu calendário. Eis as próximas datas e seus eventos:
1 – Dia 25 de julho é o prazo final para as inscrições do ENART 2014. Neste dia também vai acontecer em Caxias do Sul o 62º Congresso Tradicionalista Extraordinário, no galpão do CTG Rincão da Lealdade;
2 – Dia 26 de julho, acontecerá o primeiro encontro de tesoureiros e junta fiscal das trinta regiões tradicionalistas, em Caxias do Sul;
3 – Dias 26 e 27 de junho, também em Caxias do Sul, será realizada a 79ª Convenção Tradicionalista;
4 – Dia 29 de julho vai ser realizado o sorteio de apresentação das fases inter-regionais, na sede do MTG em Porto Alegre;
5 – Dias 02 e 03 de agosto vai ser realizada da primeira fase inter-regional do Enart, em Camaquã, na 16ª RT/RS.

O LEGADO QUE EU QUERIA VER....

A primeira fase da Copa do Mundo foi uma beleza, com um festival de gols, com seleções massacrando adversários, onde poucas seleções maltrataram a pelota (infelizmente o selecionado brasileiro judiou da bola e o seu povo com um futebol pobre, sendo massacrado pela Alemanha e Holanda....).
Vi as arquibancadas coloridas, com povos de várias nações, de vários continentes, em irmandade, nas imediações dos estádios, nas Fan Fest, nos bares, nas ruas, nos acampamentos, com um baita exemplo deixado pelos japoneses, no recolhimento do seu lixo nas arquibancadas. No Beira-Rio vi gremistas e colorados com seus mantos, lado a lado com pessoas vestidas com camisas da Argentina, Argélia, Alemanha, entre outras. E o legado que eu gostaria de ver nesta terra, no país do futebol, é esta irmandade em dias de jogos do campeonato regional, do campeonato brasileiro, da copa do Brasil, da copa Libertadores, com as torcidas lado a lado no trem, no ônibus, a caminho dos estádios e nas arquibancadas, tal qual se viu na copa do mundo e tal qual se vê nos eventos tradicionalistas, principalmente nos rodeios artísticos, culturais e campeiros Rio Grande afora e em toda esta terra que chamamos de mundo. É um sonho que gostaria de ver realidade, mesmo que isso seja apenas um sonho, uma mera utopia. Mas é isso que deveria acontecer todas as quartas-feiras e finais de semana nos estádios brasileiros.

Valdemar Engroff
Telefone de casa: (51) 3443-4125 – à noite 
Celular: (51) 9966-5164
valdemar@engroff.com.br 
www.sitiodogauchotaura.blogspot.com
www.obolsodabombacha.blogspot.com
www.programagritosdoqueroquero.blogspot.com
www.ctgamaranto.blogspot.com
www.conjuntomusiclospampeiros.blogspot.com